Ossada de homem desaparecido há 4 anos é encontrada em Arroio do Sal; ex-companheira é a principal suspeita

Uma ossada foi encontrada, enterrada embaixo de uma área de serviço, no bairro São Jorge, em Arroio do Sal na manhã desta quinta (12). A Polícia Civil, com a Brigada Militar, encontrou os restos mortais de um homem que estaria desaparecido desde 2016.

A principal suspeita de ter matado e enterrado o corpo é a ex-companheira da vítima. A casa fica localizada na Avenida Medeiros de Quadros. A busca aconteceu depois de um mandado judicial de busca e apreensão no imóvel. Cães farejadores do Corpo de Bombeiros auxiliaram nas buscas.

Segundo o delegado Adriano Koehler Pinto, o cão farejou um odor embaixo de um piso cerâmico. Após o piso ser quebrado, a ossada foi localizada embaixo de um contrapiso.

A ossada estava na área de serviço, que teria sido construída após o crime, justamente para esconder o corpo.

Ossada estava embaixo da área de serviço
Restos mortais de homem desaparecido há 4 anos foram encontradas embaixo do piso da área de serviço. Foto: Polícia Civil

A vítima, Jhonathan Martins de Almeida, de 37 anos, estava desaparecida desdde 2016. O caso foi reaberto após o delegado receber denúncias de que a ex-companheira seria a responsável pelo homicídio. Ela foi presa em flagrante por ocultação de cadáver e deve responder também pelo homícidio.

A motivação do crime teria sido a inconformação com o fim do relacionamento. Os ossos foram encaminhados para a perícia.

Tagged: , , , , , , , ,

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.